0

SETE VIDAS

Imagine você chegando ao balcão de um bar para pedir uma bebida. Como num filme. E aí percebe que, do seu lado, está a sua ex, fingindo que não te viu, e com um novo amor. Uma cena como essa só poderia resultar num blues, parceria de Juca Novaes com Rafael Altério, incluida no DVD/CD “Goa ao vivo”, com a especialíssima participação especial de Lucila Novaes.
Realmente, pra quem vai morrer de amor, são necessárias, no mínimo, sete vidas.
SETE VIDAS
teu vulto vem como assombração
da fumaça ou da luz do bar
ou vem surgindo então desse whisky com guaraná
não, mas não é alucinação
e vem pra me provocar
bem do meu lado
fingindo não ver
e vem com outro amor (com novo amor)
quer me matar !
vem surgindo com novo amor (com novo amor)
quer me matar !
e cada beijo é um bofetão
é pimenta de vatapá
pros meus olhos que em vão
teimam em não chorar
mas vou engolir essa aparição
ah meu senhor do Bonfim
de novo exorcizar,
devorar cada trago do fim
é só mais uma a mais
é outra dor
mais uma dose de gim
São sete vidas pra quem vai morrer de amor
sempre acaba no mesmo fim
gato escaldado querendo fugir da dor
sem amor tudo é tão ruim
são mil saídas pra quem tem um novo amor
nova flor no velho jardim
a mesma dor que começa
e sempre acaba no mesmo copo de gim.

 

 

facebooktwittergoogle plus


Leave a Reply